7 dicas para você escolher seu primeiro vibrador

autoconhecimento, autoprazer, para iniciantes, prazer, vibrador -

7 dicas para você escolher seu primeiro vibrador

Sempre ouvimos que poderíamos ter um sexo melhor, um orgasmo melhor ou um relacionamento melhor. Mas quase nunca ouvimos detalhes úteis de como podemos realmente entender melhor nossos desejos mais profundos e respostas para as perguntas mais embaraçosas.

Trouxemos o melhor da entrevista da Vanessa Marin, uma terapeuta sexual com renomada dos EUA, para nos ajudar com os detalhes que tanto precisamos. Vamos então ao tópico principal desse post: como escolher seu primeiro vibrador?

7 Dicas de como escolher seu primeiro vibrador

Pergunta: Estou querendo comprar meu primeiro vibrador. Eu nunca comprei nenhum tipo de produto erótico antes, e quero ter um bom brinquedo. Eu não quero comprar um que seja uma porcaria e que vai quebrar em mim em algumas semanas, mas eu também me sinto nervosa investindo muito dinheiro em um vibrador, que eu posso acabar não gostando. Então, o que posso fazer para garantir que eu consiga algo que realmente funcione para o meu corpo e meu gosto?

Resposta: Essa é uma ótima pergunta! À medida que o uso de vibradores se torna mais difundido, as mulheres estão cada vez mais interessadas em comprar produtos de qualidade. Há uma tonelada de brinquedos sexuais ruins mundo à fora, então separar um tempo para fazer um pouco de pesquisa é essencial. Aqui estão sete diretrizes para encontrar um vibrador que será um achado, além de algumas recomendações específicas para os meus produtos favoritos.

1. Como você quer usá-lo?

 

A primeira coisa que você precisa considerar é como você quer usar este vibrador. Você quer usá-lo principalmente sozinha? Você quer algo que um parceiro poderia facilmente usar em você? Ou algo que você poderia usar juntos? Em geral, recomendo que as iniciantes no mundo dos vibradores priorizem os brinquedos projetados para uso individual. É mais fácil descobrir o que você gosta primeiro, antes de se aventurar no mundo dos brinquedos para casais.

Escolher brinquedos que têm formas fáceis de usar e não intimidantes que se encaixam bem na mão, mas ainda sejam potentes. 

2. Descubra qual estimulação você prefere

Dicas de como escolher seu primeiro vibrador - Tipos de estimulação

O próximo critério é ter uma noção do tipo de sensação que melhor se adapta ao seu corpo. A maneira mais fácil e divertida de fazer isso é com a masturbação! Se você não se masturba frequentemente, tente ter uma ideia do que gosta tocando em si mesma. Você gosta de se concentrar no seu clitóris? Você gosta de ter alguns dedos dentro de si mesma? Você gosta de estimulação do ponto G? Não há "certo" ou "errado" aqui.

Se você busca orgasmos não se deixe enganar por todos os vibradores de formato fálico existentes - apenas 30% das mulheres conseguem ter o orgasmo apenas por penetração. Se você gosta da sensação de penetração, confira os vibradores que são curvados para atingir o ponto G aqui.

70% das mulheres precisam de estimulação clitoriana direta para atingir o orgasmo, então é provável que você queira um vibrador que se concentre na estimulação do clitóris. A partir daí, você pode tentar sentir se prefere a estimulação clitoriana direta ou indireta (novamente, a masturbação é a chave aqui). Se você gosta de tocar o topo do seu clitóris, praticamente qualquer vibrador será ótimo. Se o seu clitóris é sensível demais para o toque direto, ou se os lados do clitóris se sentirem melhor do que o topo, prefira os que "abraçam" o clitóris como o bullet Lola, da Vem Transar. Confira aqui.

O autoconhecimento básico vai te ajudar muito a acertar no vibrador certo para você.

3. Ler e ver Reviews e Comentários

 

Outra ótima forma de descobrir mais sobre a sua compra em potencial é ler reviews desse vibrador. Claro, cada corpo é diferente, então o que funciona para uma mulher não necessariamente funciona para outra. Mas ler uma variedade de resenhas dará a você uma noção mais ampla dos pontos fortes e desvantagens de um brinquedo em particular.

 Opiniões de outras mulher por de te ajudar muito!

4. Eduque-se sobre segurança

 

Algo que muitas pessoas não sabem sobre a indústria de brinquedos sexuais é altamente desregulamentado. Muitas empresas usam brechas legais para evitar o uso de materiais que são realmente seguros para o corpo.

Duas diretrizes fáceis de seguir são evitar os brinquedos "sem marca" ou que tenham um forte cheiro químico. A frase “somente para uso externo” significa que o fabricante está indicando que seu produto não pode será realmente usado dentro de você. Um cheiro químico é geralmente um sinal de que produtos químicos inseguros como os ftalatos foram usados. 

5. Mais chance de acertar

Os vibradores são incríveis porque criam estímulos que simplesmente não são possíveis com a mão ou boca humana. Infelizmente, isso também torna as compras um pouco complicadas. Mesmo com muita experiência com masturbação, é difícil saber exatamente de que tipo de vibração você vai gostar de antemão.
É por isso que escolher um vibrador que possa ser programado pela usuária é sinônimo de sucesso. Vibradores com multivelocidademultipotência te darão mais controle sobre o tipo e a força da estimulação que você gosta mais. Você pode brincar com suas escolhas e continuar mudando-as até que você ache a forma ajustada para o seu prazer! É um recurso incrível para novatas em brinquedos sexuais que não ainda têm certeza do que gostam.

6. Vale o investimento

 

A maioria dos vibradores premium giram em torno de R$ 500, se não mais. Eu sei que isso é frustrantemente caro (e nem um pouco atingível para muitas pessoas), mas a maioria desses produtos é cara por um bom motivo. Um preço elevado costuma ser um sinal de que a empresa usou materiais seguros para o corpo e de alta qualidade, constrói seus brinquedos para durar e leva seus produtos a sério.

7. Compre em lojas de confiança

 

Hoje é possível achar muitas sexshops, tanto físicas quanto online. Mas independente de qual modalidade você vai escolher, procure uma loja confiável. Produtos íntimos precisam ser estocados da forma correta para não perderem a qualidade. O atendimento muitas vezes também podem deixar algumas pessoas desconfortáveis. Afinal, estamos falando sobre intimidade.

Muitas lojas apostam na imensa variedade do mercado, com o objetivo de ter tudo para todos, porém isso pode comprometer a qualidade dos produtos oferecidos. Lojas preocupadas com a qualidade dos produtos que elas vendem são as mais seguras. A Divinit Shop, por exemplo, garante que todos os produtos passam por uma rígida lista de qualidade antes de sequer serem colocados à venda, para garantir a felicidade na compra das clientes. Legal, né?

Sexshop online é uma escolha prática, rápida e ótima especialmente para quem não gosta de se exporProcure lojas com um ambiente seguro, atendimento ao cliente realmente satisfatório e não esqueça de pesquisar sobre a entrega e  embalagem. Na Divinit Shop, por exemplo, as caixas das encomendas 100% discretas, sem a descrição da compra na caixa e a fatura do cartão. Ótimo para se livrar dos curiosos!

Esperamos ter te ajudado nesse primeiro passo para o autoconhecimento e prazer. E qualquer sugestão ou dúvida fala com a gente!

 

 

Até mais,

Jessica Vianna


Você também pode gostar

Como aumentar o tesão feminino?
Como aumentar o tesão feminino?
Infelizmente muitas mulheres passam a vida toda fingindo prazer, principalmente para satisfazer o...
Ler mais
Guia da Sexshop Feminina - Por onde começar?
Guia da Sexshop Feminina - Por onde começar?
Nunca comprou em sexshops e não sabe como começar? Tudo bem, a gente te ajuda a saber o que você ...
Ler mais
Os tipos de orgasmo feminino
Os tipos de orgasmo feminino
O Dia do Orgasmo é dia 31/07 e todo ano as redes sociais se enchem de imagens de comemoração. Nós...
Ler mais

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados